Tecnologia da Informação: conheça os cargos de gestão

Mulher gestora na área da tecnologia da informação

Dentro da área da Tecnologia da Informação, em geral, existe uma enorme possibilidade de crescimento de carreira por conta de um déficit de profissionais capacitados e uma alta demanda do mercado.

Um profissional que se mantém atualizado nas tendências de mercado, sempre renovando seus conhecimentos, tem uma grande chance de conseguir preencher um cargo de gestão conforme avança em sua carreira.

Confira a lista, elaborada com base no Guia Salarial 2021 da Robert Half, com sete cargos de gestão que mais se destacam dentro da área de TI e seus respectivos salários.

Gerente de T.I. generalista

Um gerente generalista deve, acima de tudo, ter uma visão estratégica e generalizada da empresa onde trabalha. Ter conhecimentos múltiplos é essencial para conseguir planejar e atuar em todas as áreas da tecnologia da informação em que for solicitado.

Por ser um cargo que exige muitos conhecimentos específicos, o profissional recebe, em média, R$ 17 mil.

Gerente de desenvolvimento

O gerente de desenvolvimento é o responsável pela gestão de variados projetos de desenvolvimento de software, controle de qualidade e implantação dos mesmos, sendo que muita das vezes são também os responsáveis por capacitar o time de desenvolvedores e gerir recursos do negócio.

É necessário um sólido e amplo conhecimento na engenharia de software. Assim como o gerente de Tecnologia da Informação generalista, precisa ter visão sobre outras áreas do negócio. Essa característica faz com que esse profissional tenha uma média salarial de R$ 17 mil.

Gerente de dados

Este profissional cuida de toda parte que envolve Big Data e dados em geral. Desde a coleta, o  processamento, armazenamento e planejamento estratégico da resolução de problemas que esses dados proporcionam.

Como a Big Data evolui a cada dia, e a chegada de dados que vem da fonte para a empresa passa a ser quase instantânea, esse profissional precisa pensar em maneiras cada vez mais rápidas de processá-los. Para isso, será preciso dominar uma série de ferramentas e linguagens de programação, como Python, R, SQL e Javascript.

É o cargo de gerência com maior salário por conta dessa constante demanda por inovação, um gerente de dados recebe em média R$ 18,1 mil.

Gerente de BI

Quando se trata de business intelligence (BI), um gerente dessa área deve analisar estratégias de gerenciamento de negócios a partir de dados, sua atuação é bem próxima ao do gerente de dados, porém atuam com objetivos diferentes.

Em geral, este gerente trabalha com inteligência de mercado com foco em vendas, rentabilização e geração de novas receitas, para isso é preciso dominar técnicas de modelagem de dados, construção e manutenção de dashboards e, claro, estar sempre ligado nas novidades e inovações do mercado em que atua.

Através dessas técnicas e da leitura analítica, o profissional pode identificar tendências de ações e comparar com as empresas concorrentes. A faixa salarial deste profissional gira em torno de R$ 15,4 mil.

Gerente de segurança da informação

Uma das áreas que mais está em evidência quando se trata de TI é a segurança da informação, que deve garantir que todos os dados que a empresa produz e tem acesso não sejam vazados, uma vez que isso poderia gerar um enorme prejuízo, tanto financeiro quanto reputacional.

Um gerente de segurança da informação coordena operações de teste de segurança para garantir que esses dados estão tão seguros quanto poderiam estar, dentro da realidade do negócio.

É um trabalho constante, já que novas tecnologias aprimoradas são lançadas constantemente. Atualmente estes profissionais recebem cerca de R$ 17,9 mil.

Gerente de infraestrutura

O trabalho desse gerente é garantir que toda a infraestrutura, ou seja, equipamentos, tecnologia e servidores, estejam funcionando com a máxima performance possível e que atendam as futuras necessidades do negócio.

Além disso, o profissional elabora projetos para que todos esses pontos da empresa tenham uma maior e melhor integração junto a outras áreas.

O gerente de sistemas é um grande aliado do gerente de infraestrutura, compartilham conhecimentos e precisam dominar tecnologias e ferramentas bastante correlatas. Esse profissional tem um ganho salarial médio de R$ 13,9 mil.

Gerente de produtos

O gerente de produtos deve pensar analiticamente nas demandas do mercado para conseguir preenchê-las da melhor forma possível, tanto com a criação de novos produtos, quanto com a adaptação e melhoria de produtos já existentes dentro de uma empresa.

O profissional deve estar profundamente ligado com diversas áreas do negócio. Ouvir diferentes stakeholders é essencial para garantir a qualidade de uma entrega.

É necessário ter conhecimentos mesclados de negócios, tecnologia e design (UX e UI). Atualmente, a faixa salarial deste profissional é por volta dos R$ 12,5 mil.

Como se capacitar para essas áreas?

Para assumir qualquer posição mais estratégica como a de gerência, é muito requisitado ainda que se tenha uma formação acadêmica. Porém, o mercado da tecnologia da informação pelo seu rápido crescimento e necessidade de novos profissionais capacitados, tende cada vez mais a deixar de lado essa exigência acadêmica.

Sendo assim, muitos profissionais do mercado podem começar a atuar tendo feito apenas cursos técnicos em determinada área, mas é preciso ponderar também que a experiência conta muito. 

Pensando nisso, o EuCapacito fornece diversos cursos gratuitos dentro da área de tecnologia e soft skills para que você possa ingressar neste mercado de trabalho que está em plena expansão. Acesse nossa página de cursos e faça sua inscrição agora mesmo!