O que é Tecnologia da Informação (TI)?

Profissionais da Tecnologia da Informação (TI) em frente ao computador trabalhando

Tecnologia da informação, conhecida pela sigla “TI”, refere-se a qualquer tecnologia que capacita ou permite o armazenamento, processamento e fluxo de informações dentro de uma organização.

De modo geral, tudo relacionado a recursos de tecnologia para o processamento de informações, como por exemplo, softwares, hardwares, tecnologias de comunicação e seus serviços, se encaixa dentro da categoria TI.

Por que a Tecnologia da Informação é importante?

Não só a informação é essencial para cada empresa, mas também o armazenamento e o gerenciamento desses dados.

Em uma época em que há demanda por cada vez maior pela velocidade dos instrumentos tecnológicos, a TI faz com que uma organização otimize recursos e equipe, melhore os processos e a comunicação para responder às necessidades dos seus negócios.

Ainda, a TI, dentro de uma organização, é o que garante que todos os recursos tecnológicos sejam geridos de maneira a facilitar os processos e agregar valor aos objetivos do grupo.

Segurança de dados também é uma das principais preocupações daqueles envolvidos com TI. A tecnologia da Informação visa assegurar os dados de indivíduos que são constantemente coletados na internet.

Como a Tecnologia da Informação funciona?

Cada vez mais se intensifica a competitividade e os ritmos de produção dos mercados de qualquer país industrializado.

Diante deste cenário, automatizar tarefas e otimizar processos se torna uma tarefa essencial para que qualquer empresa sobreviva.

Imagine o setor de logística de uma empresa que precisa armazenar, gerir e enviar seu produto final a redes de distribuição.

A demanda pelo fornecimento da enorme gama de informações para tarefas operacionais como controle de pátio, agenciamento e roteirização de entregas, gestão de documentação fiscal, entre outras funções, só pode ocorrer hoje se for por meio dessa tecnologia que otimiza os dados.

Tecnologias para processamento de informação

Há basicamente dois sistemas computacionais que formam as tecnologias utilizadas para o processamento da informação. Veja quais são:

Hardware

Máquinas, terminais, smartphones e equipamentos são as partes tangíveis da TI. Assim, as partes que possuem existência física estão nesta categoria de hardware. 

Software

Os programas e informações que podem ser lidos pelo computador, tanto em termos de conteúdo audiovisual, dados quanto sistemas em geral são elementos abstratos da tecnologia.

Por exemplo, você não pode tocar na imagem ou no som que sai de um computador. Neste caso, as caixas de som e o monitor, que são hardwares, transmitem dados que são virtuais.

Esta parte de inteligência computacional vem a formar os softwares. 

Funções dentro da TI

Quase todas as empresas, desde os maiores fabricantes de dispositivos tecnológicos até um pequeno mercado familiar necessitam, de alguma forma, de profissionais de tecnologia da informação para manter seus negócios funcionando conforme demanda o mercado.

Pense nos sistemas de emissão de nota fiscal; nos pedidos de alimento por meio de aplicativos; as gestões das redes sociais e o banco de dados de clientes, todas estas possibilidades só poderiam existir por meio da Tecnologia da Informação.

São os profissionais de TI que garantem a funcionalidade das tarefas computacionais para empresas e pessoas.

Pode se enquadrar, a maioria dos empregos em tecnologia da informação, em quatro grandes áreas. Veja abaixo:

  • Ciências da computação
  • Engenharia da computação
  • Análise de sistemas  
  • Programação de computadores

Hoje é popular que os cargos em TI representam caminhos profissionais de rápido crescimento e altos salários.

A maioria desses trabalhos exige diploma de curso superior. Profissionais de TI também podem optar por se especializar em diversas subáreas específicas dentro deste universo. 

Por isso, o Eu Capacito oferece cursos voltados para a tecnologia atual. Explore nossos cursos gratuitos e se torne um profissional de TI de destaque no mercado, aprendendo sobre como criar aplicativos sem servidor, inteligência artificial, business intelligence e muito mais.